Santiago do Chile – Dia 1

Em setembro de 2118, minha filha e eu estivemos em Santiago do Chile e vou contar como foi nossa experiência na cidade.

O destino é ótimo para um fim de semana prolongado ou como parte de um roteiro pelo Chile ou América do Sul para quem tiver mais dias disponíveis.

Chegando no aeroporto já trocamos um pouco de dólar para pesos, suficiente apenas para o primeiro dia, pois a cotação de aeroporto nunca é muito boa e depois trocamos em casas de cambio no shopping Costanera ou no centro da cidade, que é onde encontramos as melhores taxas.

Transporte

Para ir do aeroporto até seu hotel existem várias opções:

Ônibus – tem duas empresas que fazem o trajeto e o valor da passagem é 1.800 pesos, sendo a forma mais barata de ir ao centro de Santiago do Chile. O ônibus faz várias paradas nas estações de metrô e no centro, ajudando os turistas que não tiverem hospedados próximos às paradas do ônibus. Se estiver com poucas bagagens e sem crianças pode ser uma boa opção.

Transfer – Logo após o desembarque, existem uns guichês para contratar o transfer que pode ser exclusivo ou compartilhado. Os preços variam de acordo com a categoria escolhida e a localização do hotel. No meu caso, que fiquei hospedada em Las Condes o transfer compartilhado ficava em 8000 pesos por pessoa e teríamos que aguardar mais passageiros para completar a van.

Táxi – ao lado dos guichês de transfer, tem o de serviço de táxi. O mesmo trajeto foi orçado em 22000 pesos. Achei que a economia de 22000 para 16000 (dados que estávamos em duas pessoas) não compensava a espera e fomos de táxi mesmo. Li vários comentários negativos sobre táxis na cidade, mas neste caso pagamos direto no guichê para não correr nenhum risco.

Uber – funciona, mas não esta oficializado. Pegamos várias vezes na cidade, mas no aeroporto é mais complicado. Todas as vezes que utilizamos este serviço, o motorista solicitou para que alguém sentasse do seu lado para disfarçar o serviço.

Hotel

Me hospedei em um apartamento em Las Condes, bem próximo do Costanera Center e do metrô Tombalada. Gostei bastante da região, que além de moderna e bonita, parecia ser bastante segura. A proximidade do metrô também foi bem útil para alguns passeios.

Mapa da cidade com os lugares visitados:

Dia 1- Verde

Chegamos no fim da tarde e fomos conhecer o Shopping Costanera Center que é enorme, e conta com todas as marcas americanas, mas com preços nada parecido aos EUA! Uma pena! Tem também um supermercado gigante lá dentro, além de casa de câmbio, salão de beleza e vários outros serviços. Vale a visita.

A noite, jantamos no restaurante Aquí Está Coco que é muito bom, bem cheio e precisa fazer reserva. O lugar é lindo e nossos pratos estavam deliciosos. A especialidade são peixes e frutos do mar. Não deixe de conhecer o subsolo que é um charme. O preço é padrão São Paulo. Recomendo!!

Os pratos estavam muuito bons! Leves e com peixes e frutos do mar super frescos!

Pra finalizar comemos um delicioso creme brulle de marron-glacé! Maravilhoso!

Abaixo vocês podem dar uma olhada no cardápio e nos preços! Aproveitem.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s