St Petersburgo – dia 3

Dia 3 – (verde)

Contratamos um guia para nos levar para Peterhof e Palácio da Catarina. Na verdade queríamos mesmo um motorista para facilitar nossa vida, pois os dois palácios ficam fora da cidade e um longe do outro. Também é possível ir de transporte público, mas estávamos em 4 pessoas e ele cobrou 100 euros o dia todo. Achamos razoável e contratamos. Não vou fazer indicação porque não ficamos muito satisfeitos com seu trabalho. Impôs seu ritmo ao passeio sem se importar muito com o nosso. Mas conseguimos fazer os dois passeios no mesmo dia e os dois valem muito a pena.

Palácio da Catarina – localizado na cidade de Pushkin, foi construído a partir de 1717 e sofreu várias reformas, conforme o desejo das rainhas que estavam no poder. Serviu de morada de verão da monarquia. Além da linda faixada, seu interior é super luxuoso e nos faz pensar na opulência que viviam os czares. Salões altamente decorados, imperando o dourado, com pisos e tetos maravilhosos. Tudo é muito grandioso!! Destaque para câmara de âmbar que é fantástica, mas infelizmente não pode ser fotografada. Também merece destaque seus enormes jardins. Um passeio incrível!

O valor do ingresso é 1.000 rublos e fecha às terças. Para chegar lá, além do carro, você pode usar transporte público, metro + ônibus ou van. Informações http://eng.tzar.ru/info/transport. Ou ainda, contratar uma das excursões que são oferecidas aos turistas na rua Nevsky.

Peterhof – Foi construído em 1714, as margens do Golfo da Finlândia, a mando de Pedro , o Grande. Na verdade é um complexo de museus, palácios e jardins. Para quem quer visitar tudo é bom reservar o dia inteiro. Nos, como tínhamos pouco tempo, ficamos com o principal que são os jardins. O czar Pedro visitou Versailles e desejou fazer em seu palácio jardins ainda mais bonitos. Conseguiu!!! Seus jardins inferiores se estendem da varanda do grande palácio até o mar báltico em mais de cem hectares de árvores, flores, estátuas e fontes de uma beleza extraordinária. O interessante dessas fontes é que funcionam por gravidade. A grande cascata, bem em frente ao palácio, possui mais de 200 estátuas douradas e é o ponto alto da visita. Eu fui no final do mês de abril e estava funcionando parcialmente. Uma pena, mais uma razão para voltar!!! A única coisa boa é que a visita foi gratuita!!

O valor do ingresso para os jardins é 900 rublos e para o palácio e museus vai sendo cobrado um valor adicional. Fecha as segundas. Para chegar lá de forma mais fácil, existe um hydrofoil pelo rio Neva, que sai da altura do Hermitage e te leva ao Paterhof em 30 minutos. Seu custo é de cerca de 1300 rublos ida e volta, não sei ao certo porque não utilizei, pois não funciona enquanto tiver gelo no rio. É possível usar transporte público, metro + ônibus ou van, que ficam bem mais baratos. Informações no site oficial https://peterhofmuseum.ru/plan-a-visit. Ou ainda, contratar uma das excursões que são oferecidas aos turistas na rua Nevsk.

Concluindo, esta cidade é realmente encantadora, cheia de ilhas, pontes, construções magnificas, limpa e com muita história. Adoramos! Queremos voltar!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s