Lisboa, ora pois!

Chegamos a Lisboa, vindos de Porto, para ficar por 3 e meio dias na cidade e nos hospedamos no hotel Residencial Florescente, super bem localizado, estando a 270 metros do metrô Restauradores e 450 metros da Praça do Rossio.

Os pontos turísticos marcados em azul foram visitados no primeiro dia, os pontos marcados em rosa foram visitados no segundo dia e os roxos no último dia.

Dia 1

Saímos do hotel e fomos até a Praça dos Restauradores para comprar os bilhetes de transporte. Paramos na Abep-agência De Bilhetes P/ Espectáculos Públicos Lda e compramos os tickets que são direito a todos os transportes públicos da cidades. Existem vários pacotes de preços e duração dos bilhetes, escolhemos a opção com 24 horas de duração, visto que no dia seguinte iríamos para Sintra e não utilizaríamos o transporte. O preço é algo em torno de €10,00 e as 24 horas começam a ser contadas a partir da primeira utilização do cartão.

Seguimos a pé até a Praça Rossio e depois Praça da Figueira, de onde pegamos o ônibus 737 e fomos para o Castelo de são Jorge. A visita ao Castelo vale muito a pena, pois está localizado na colina mais alta do centro histórico da cidade, o que proporciona uma belíssima vista de Lisboa e do Rio Tejo. Além disso, o Castelo foi inteiro restaurado e apresenta lindas muralhas e fortificações.

Saindo do Castelo passeamos nas ruelas contorcidas do bairro, onde estão várias lojinhas e restaurantes. De lá fomos a pé ate a Praça do Comércio, uma das maiores praças da Europa, localizada às margens do Rio Tejo. Quando está calor várias pessoas ficam sentadas a beira do rio, o lugar é muito bonito. Ao redor da praça temos um centro de informações para turistas.

img_9262-1

De lá fomos caminhando até o Mercado da Ribeira, um enorme galpão com vários restaurantes e mesas comunitárias, ótimo para uma refeição rápida e mais descontraída. Comemos super bem, essa e outras dicas de onde comer em Lisboa estão no nosso post aquiDo mercado pegamos o metro na estação Cais do Sodré e paramos na estação Restauradores, ao lado no nosso hotel.

A noite fomos caminhando até o Ascensor da Glória, um bonde elétrico que te transporta até o topo de uma íngreme ladeira, nossos bilhetes valiam para esse meio de transporte também. Os bondinhos são uma graça e um passeio por eles é imperdível, são a cara de Lisboa!

Jantamos no restaurante do famoso José Avillez, Bairro do Avillez, lugar super moderno com uma comida excelente!


Dia 2:

No segundo dia pegamos um metrô na estação dos Restauradores e descemos na estação Belém. De lá paramos na tradicional loja dos Pastéis de Belém, inaugurada em 1837, famosa por fazer os pastéis através de uma receita criada no Mosteiro de São Bento e inalterada até os dias de hoje. Provamos o bolinho de bacalhau e o pastel de belém, muuuuito bons! Vale a pena dar uma passada, enfrentar a fila e provar os deliciosos doces.

Photo Credit: Pastéis de Belém

Seguimos para o Mosteiro dos Jerónimos, um mosteiro imperdível cuja construção foi iniciada em 1501. O local foi considerado um Patrimônio Mundial da UNESCO e é uma das atrações mais visitadas de Portugal. O mosteiro abre das 10:00 as 17:30 (Outubro a Abril) e das 10:00 as 18:30 (Maio a Setembro). O bilhete custa € 10,00 e a visita dura aproximadamente 1 hora.

img_9487

De lá seguimos a pé até a Torre de Belém, uma caminhada de cerca de 2 km, mas como estava chovendo foi bem chatinha, no entanto, para quem gosta de caminhar é possível fazer o trajeto a pé. Se estiver chovendo recomendo pegar um ônibus ou táxi.

A Torre de Belém foi construída em 1514 e servia como local de proteção do Rio Tejo. O horário de visitação é o mesmo do Mosteiro dos Jerónimos e o preço do bilhete é € 6,00. Para quem quer visitar os dois postos turísticos compensa comprar o combo de ingresso que custa € 12,00.

De lá voltamos para a estação de metrô Belém e seguimos até a estação Colégio Militar Luz, parada ao lado do shopping Centro Comercial Colombo. O shopping possui várias lojas fast fashion como Primark, Zara, Mango, Forever 21, Bershka e mais diversas lojas de sapatos, roupas masculinas, esportes e acessórios. O shopping é enorme e ótimo para quem gosta de uma comprinha.

Voltamos e jantamos no restaurante Solar dos Presuntos, na Rua das Portas de Stº Antão, pertinho do meu hotel. Uma delícia!


Dia 3

No dia de voltar ao Brasil aproveitamos a manhã para visitar os últimos pontos turísticos antes de seguirmos para o aeroporto.

Pegamos o Ascensor da Glória para subir a rua Calçada da Glória e fomos até o Jardim de São Pedro de Alcântara, com um miradouro que propicia uma vista da parte leste da cidade de lisboa e de parte do Rio Tejo.

img_9653

Vista do Miradouro de São Pedro de Alcântara

Passeamos pelo Bairro Alto e seguimos a pé até a Praça Luis de Camões pela rua do Loreto. No meio da praça é possível avistar a estátua que homenageia Luis de Camões, um grande poeta português, nascido em 1524, escritor de Os Lusíadas.

img_9665

Seguimos pela Rua Garret e visitamos o café a Brazileira, local que servia café proveniente das plantações do Brasil, e era frequentado pelo escritor português Fernando Pessoa, homenageado através de uma estátua na porta do café.

Continuamos pela Rua Garret até chegar à Rua do Carmo, que tem várias lojas legais e de lá fomos ao Elevador de Santa Justa. O elevador é bem famoso e estava lotado, então não conseguimos andar nele, mas é um monumento bonito que vale a visita.

img_9679

Voltamos para o hotel e fomos para o aeroporto, hora de se despedir de Portugal.

Anúncios

Um comentário em “Lisboa, ora pois!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s